Inscreva-se em nossa News

Assine colocando seu email logo abaixo.

6 cidades para bate-volta de Amsterdã

Há várias opções de bate-volta de Amsterdã, uma das cidades mais lindas, charmosas e alegres da Europa. A capital da Holanda é daquelas cidades que é impossível não se apaixonar.

A Holanda não é só Amsterdã e podemos conhecer várias cidades a uma pequena distância. Daí a ideia desse post, reunir sugestões de bate-volta de Amsterdã.

A melhor forma de deslocamento é por trem, transporte seguro, rápido e organizado. Com trens com muita frequência é bem tranquilo esse bate-volta, sendo certo que toda estação de trem é no coração da cidade. Chegando é só começar o passeio. Super fácil. Confira todas as informações (horários, preço, itinerário, etc.) no site da NS, a companhia de trem nacional.

Bate-volta de Amsterdã

1. Haia

Haia (Den Haag) é a capital política da Holanda, onde está localizada a sede do governo, o parlamento, a família real e embaixadas.

entrada no palacio de noordeinde em haia na holanda
Palácio de Noordeinde, palácio real.

Haia possui um ar de cidade grande que Amsterdã não tem, sendo menos turística Um dia é suficiente para conhecer o básico. No verão talvez mais um dia seja necessário para curtir com calma a praia de Scheveningen, a mais famosa do país.

A cidade tem algumas atrações espalhadas. O melhor meio de se locomover é de ônibus, sendo possível comprar o bilhete em pontos de venda na Estação Central de trem ou no Centro de Atendimento ao Turista.

Um dos pontos relevantes para se conhecer em Haia é o Palácio da Paz, onde funciona o famoso Tribunal Internacional de Haia

predio do Palacio da Paz em Haia na Holanda onde funciona a corte internacional de justica
O lindo prédio do Palácio da Paz.

Outro local importante é o museu Mauritshuis  cheio de obras de grandes pintores como Rembrandt. A principal estrela é A Moça com Brinco de Pérola de Vermeer (a “Monalisa do Norte” como foi apelidada).

O lugar que mais gostei de visitar foi o Escher in het Paleis, dedicado ao pintor holandês M. C. Escher, famoso por suas pinturas que trabalham com perspectiva, ilusão de ótica e conceitos como infinito de modo muito particular.

O Escher in het Paleis fica num lindo palacete, só ele já vale o ingresso.

palacete onde funciona o escher in het palais em haia na holanda
O palacete onde funciona o museu.

 

quadro de escher no museu escher in het palais em haia na holanda
Um dos quadros com o estilo tão característico do Escher.

2. Roterdã

Roterdã (Rotterdam) é a segunda maior cidade da Holanda, com um dos portos mais importantes da Europa. Arrasada durante a 2ª Guerra Mundial, sua reconstrução deu espaço para uma cidade vibrante, moderna e arrojada combinando com o pouco que sobrou de antigo. Roterdã foge completamente do padrão das outras cidades holandesas.

roterda estacao central de trem holanda
Estação Central de Roterdã.

Não dá para deixar de notar e admirar a moderna arquitetura de Roterdã, uma atração por si só.

rotterdam arquitetura holanda
O moderno e o novo lado a lado.

As Cubic Huis (Casas Cúbicas), por exemplo, são mundialmente famosas. Construídas na década de 70, foram feitas inclinadas 45 graus. Tem gente morando lá!!!  Há também um hostel e um “museu” para se ver por dentro sua arquitetura.

casas cubicas de rotterdam na holanda
As Casas Cúbicas.

 

erasmusbrug rotterdam
A ponte Erasmus, um dos cartões postais da cidade.

A cidade conta com um interessante museu, o Boijmans Van Beuningen. Um dos mais antigos (1883) e importantes do país. Sua coleção conta com obras de Salvador Dalí e Rembrandt, indo do período medieval até os dias atuais.

Caminhar definitivamente é uma das melhores coisas em Roterdã e passear pelo Het Park é muito agradável, até se chegar ao Euromast, uma das principais atrações da cidade. Uma torre de 186m de altura de onde temos uma vista em 360º da cidade.

euromast torre com vista de 360 graus em roterda na holanda
Euromast, um dos símbolos de Roterdã.

3. Delft

Delft é pequenina e um dia é suficiente para conhecer suas principais atrações. Uma ótima opção de bate-volta de Amsterdã.

Delft é famosa por ser a cidade do pintor Vermeer, por sua casas antigas e pelas cerâmicas com pintura branca e azul típicas da Holanda (delft blue).

exemplos de trabalhos de ceramica do tipo delft blue da holanda com a característica branca e azul
Imagem de divulgação. As minhas fotos ficaram horríveis!

 

delft canal holanda
Delft é cortada por vários canais, lembrando muito Amsterdã.

Uma das atrações mais interessantes é o Vermeer Centrum Delft. O pintor Johannes Vermeer é um dos grandes pintores holandeses, que fez parte da Era de Ouro do século XVII. Ele viveu em Delft e a retratou em seus trabalhos. Possui obras famosas como A Leiteira (Milkmaid, que se encontra no Rijksmuseum) e Moça de Brinco de Pérola (Girl With a Pearl Earring, que fica no Mauritshuis, em Haia).

placa da entrada do vermeer centrum delft na holanda com a imagem da moça de brinco de pérolas
Entrada do Vermeer Centrum Delft.

Aqui aprendemos de forma muito interessante o porquê de tanta fama e como seus quadros foram originais e revolucionários. O uso da luz e da cor, as cenas retratadas e as suas mensagens. Apesar não haver qualquer quadro original, só excelentes reproduções ampliadas de cada obra, as explicações detalhadas de cada uma são muito boas.

A arquitetura da cidade é adorável e passear pela cidade é extremamente agradável.

torre torta da oude kerk em delft na holanda
A torre da Oude Kerk.

 

a ampla praça da grote markt em delft na holanda com destaque para o prédio da prefeitura de delft
Imagem panorâmica da Grote Markt (praça central).

4. Haarlem

Praticamente nem é um bate-volta de Amsterdã, de tão coladinha que é da capital holandesa. Não tive tempo de conhecer, mais deixo a dica aqui desse post bem completo sobre Haarlem.

http://www.dicasdeamsterda.com.br/2016/07/haarlem-na-holanda.html

5. Zaanse Schans

Zaanse Schans, criado nos nos 70, reuniu casas típicas e alguns moinhos espalhados pelo país. Ali passeamos ao ar livre pelos moinhos, à beira do rio Zaan, um lindo cenário de cartão postal. Agradável bate-volta de Amsterdã para conhecer os famosos moinhos.

moinho zaanse schans holanda
Os moinhos.

De todos os moinhos no local só 6 estão abertos para visitação, cada um com um tipo de produção, como especiarias ou pigmentos. Podemos entrar para ver como funciona.

Além disso, há algumas casas típicas holandesas, que formam uma vila, que funcionam como lojas ou museus, cada um com uma coisa bem holandesa. Artesanato, tamancos, comida, etc.

casa verde na beira de rio em zaanse schans na holanda
Cada cenário tão lindo…

 

casa e flores em zaanse schans na holanda
Zaanse Schans é um sonho.

Depois de explorar a área você pode visitar o museu que fica na entrada de Zaanse Schans. Esse museu é composto de duas partes: uma conta a história do local e da cultura holandesa enquanto outra mostra a história e modo de produção de biscoito, com alguma interatividade, patrocínio da marca Verkade.

Explorar a área ao ar livre é infinitamente mais interessante.

Se estiver com disposição é possível alugar uma bicicleta para dar uma voltinha. Ou então um passeio de barco pelo rio.

casas na margem do rio Zaan em frente de Zaanse Schans na holanda
Vista da vila do outro lado do rio Zaan, a partir de Zaanse Schans.

6. Kinderdijk

moinho de kinderdijk na holanda patrimonio da unesco
Mais moinhos.

Outro local para se visitar os moinhos holandeses. Eu tive que escolher qual visitaria e acabei optando por Zaanse Schans.

Os moinhos de Kinderdijk são um patrimônio da humanidade pela Unesco. Compartilho o post da minha amiga Ju do Turistando.in que explica em detalhes como chegar até os moinhos de Kinderdijk a partir de Roterdã e como é o passeio. Porém as dicas são válidas para um bate-volta de Amsterdã:

Conhecendo os famosos moinhos de Kinderdijk na Holanda

—————

Bônus:

Lisse

Na primavera vá até essa cidade conhecer o parque Keukenhof, o famoso parque das tulipas. Um dos lugares mais lindos que já visitei!

O lindo parque.

 

keukenhof tulipa holanda
Tulipas de todas formas e cores.

—————-

KML-LogoFullscreen-LogoQR-code-logoGeoJSON-LogoGeoRSS-Logo
Bate-Volta Amsterdam

carregando mapa - por favor aguarde...

Haia: 52.080000, 4.311350
Roterdã: 51.898338, 4.473939
Delft: 52.005926, 4.360402
Haarlem: 52.379653, 4.642720
Zaanse Schans: 52.475830, 4.817560
Kinderdijk: 51.869436, 4.644616
Lisse: 52.256454, 4.557053
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Haia
A Haia Zuid-Holland, Países Baixos
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Roterdã
Rotterdam, Netherlands
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Delft
Delft, Netherlands
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Haarlem
Haarlem, Netherlands
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Zaanse Schans
Zaanse Schans, Zaanstad, Netherlands
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Kinderdijk
Kinderdijk, Netherlands
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Lisse
Lisse, Netherlands



Compartilhe
        
     
Post Autor
Lulu Freitas
Carioca que ama viajar. Meu lema: "Vivo para viajar. Viajo para viver". Compartilho aqui minhas experiências de viagens pelo mundo, com dicas sobre tudo o que conheci e adorei.

comentários

24 comentários
  1. postado por
    Destinos & Afins
    fev 13, 2017 Reply

    Não sei se escolheria moinhos ou tulipas… rs

    http://www.destinoseafins.com

  2. postado por
    Alessandra
    fev 12, 2017 Reply

    Amei o post, quero muito conhecer Amsterdã, vou guardar estas dicas.

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 12, 2017 Reply

      Oi Alessandra. Que bom que gostou! Obrigada pela visita. bjs

  3. postado por
    Juliana Rios (Juny)
    fev 11, 2017 Reply

    Muito legal o post! As cidades que mais me chamaram a atenção foram Roterdã e Zaanse Schans.
    E que flores lindas em Lisse! Fiquei encantada!

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 12, 2017 Reply

      Que bom que curtiu o post Juny! bjs

  4. postado por
    Fabio Pastorello
    fev 10, 2017 Reply

    Preciso muito reservar mais dias para Amsterdam da próxima vez. Desses bate-volta, só fiz mesmo para Zaanse. Adorei as opções.

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 12, 2017 Reply

      Oi Fábio, fico feliz que curtiu as dicas. Não vai se arrepender 🙂

  5. postado por
    Camilla Kafino
    fev 10, 2017 Reply

    Lulu, eu mal acreditei quando cheguei aqui!!! Estou indo pra Amsterdam em abril e como já conheço a cidade, meu plano é exatamente fazer esses bate e volta. Uma mão na roda para o meu roteiro. Obrigada =)

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 12, 2017 Reply

      Que bom Camilla. Por favor, depois conte como foi!

  6. postado por
    Contramapa
    fev 10, 2017 Reply

    Muito boas dicas!
    Quando fui à Holanda, gostei particularmente de Roterdão… muito moderno e industrial. Os jardins de Keukenheuf são também uma beleza!
    Parabéns pela postagem, muito útil!

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 12, 2017 Reply

      Obrigada!! Roterdã também me supreendeu muito. Gostei bastante. bjs

  7. postado por
    Amigas Viajantes
    fev 9, 2017 Reply

    Que passeios maravilhosos. Sou louca para conhecer Haia. Adorei as dicas.

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 12, 2017 Reply

      Olá! que bom que curtiu! bjs

  8. postado por
    Andrea
    fev 9, 2017 Reply

    Mto bacana o post. Dicas anotadas!!!

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 12, 2017 Reply

      Andrea, obrigada pelos elogias e pela visita. bjs

  9. postado por
    Família que Viaja Junto
    fev 9, 2017 Reply

    Post detalhado, fotos lindas e destinos maravilhosos! Um dia queremos conhecer, rs. Obrigada por compartilhar!

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 12, 2017 Reply

      Eu que agradeço a visita e os elogios. bjs

  10. postado por
    Eloah Cristina
    fev 9, 2017 Reply

    Adorei o post e conhecer tantas possibilidades para fazer próximo de Amsterdã.
    Parabéns!

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 12, 2017 Reply

      Obrigada pelos elogios e pela visita ao blog. bjs

  11. postado por
    Ruthia Portelinha
    fev 9, 2017 Reply

    Olá Lulu. Adorei o seu post, já que só conheço a capital e mal. Tenho muita vontade de visitar os moinhos e também os campos de tulipas, então as suas sugestões foram muito inspiradoras.
    Abraço
    Ruthia d’O Berço do Mundo

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 12, 2017 Reply

      Oi Ruthia, fico feliz que tenha gostado e servido de inspiração. bjs

  12. postado por
    RuthiaP
    fev 9, 2017 Reply

    Olá Lulu. Adorei o seu post, já que só conheço a capital e mal. Tenho muita vontade de visitar os moinhos e também os campos de tulipas, então as suas sugestões foram muito inspiradoras.
    Abraço
    Ruthia d’O Berço do Mundo

  13. postado por
    Fábio Junior Alves
    fev 9, 2017 Reply

    Que post incrível, anotei tudo aqui, ótimas dicas, a Holanda é maravilhosa.

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 12, 2017 Reply

      Olá Fábio, que bom que curtiu! bjs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais fotos de minhas viagens

Siga o blog no Instagram, por lá rolam muitas outras fotografias dos lugares mais lindos que já visitei. São fotos de viagens, lugares, roteiros de viagens e dicas com passeios surpreendentes.

Junte-se ao Instagram