Inscreva-se em nossa News

Assine colocando seu email logo abaixo.

Roteiro em Willemstad – Curaçao

Willemstad é a colorida capital de Curaçao, uma joia do Caribe que vale a pena ser visitada. As praias de Curaçao são lindas, mas gastar um tempinho da sua viagem em um roteiro pela cidade será super agradável.

A cidade, declarada Patrimônio Mundial pela Unesco, é pequena com cerca de apenas 150 mil habitantes, o que passa um clima de muita tranquilidade.

A maior característica de Willemstad são suas casinhas coloridas onde hoje funcionam lojas e restaurantes. Em estilo colonial, as construções são adoráveis! Foi uma das coisas que mais gostei. Fofas demais.

casas coloridas em willemstad curaçao
As típicas casinhas coloridas.

Nas ruas podemos ouvir músicos tocando ritmos caribenhos e lojinhas vendendo frozens dos mais variados sabores para ajudar a refrescar o calor. Aqui tive a sensação de estar no Caribe, bem diferente da experiência de Aruba.

A cidade é dividida em duas partes, Punda e Otrabanda, separadas pela Baía de Santa Anna e ligadas de carro por uma ponte meeega alta (Queen Juliana), por onde passam por baixo os navios do porto local. Fiquei bem tensa quando passei dirigindo por ali da primeira vez. Sério. Bem tensa.

ponte queen juliana em willemstad curaçao
Na foto a ponte não parece tão alta quanto realmente é.

Há uma outra ponte (Queen Anna), que é um dos cartões postais da cidade, exclusiva para pedestres que liga as duas partes da cidade.

Punda é o lado da cidade mais turístico, com vários restaurantes e hotéis, bem como onde ficam as casinhas coloridas e outras atrações.

Já Otrabanda é mais popular, com menos atrações, mas não menos interessante. É aqui onde há o desembarque dos cruzeiros.

Willemstad foi feita para andar a pé. Se estiver de carro estacione de graça no complexo Renaissance e a partir dali faça o seu roteiro. Tudo o que listei abaixo, à exceção da visita ao Blue Curaçao, é para ser feito andando.

Eu fiz esse roteiro em um dia, parando para almoçar na cidade e para comprinhas. Se você tiver pouco tempo em Curaçao pode selecionar o que mais lhe interessar e passear apenas em um período do dia.

O que fazer em Willemstad

1. Queen Emma Bridge

ponte queen anna em willemstad em curaçao
A ponte Queen Anna.

Falei há pouco dessa ponte, que é um dos cartões postais da cidade. A ponte é flutuante e pode, durante o dia ser aberta para a passagem de navios. Quando isso acontece, as pessoas atravessam por um ferry.

ponte queen anna em willemstd curaçao de noite
A ponte vista de noite.

Uma curiosidade: originalmente era cobrado um pedágio para cruzar a ponte, porém que atravessasse sem sapatos não pagava. Hoje, com ou sem sapato, não se paga nada para passar por ela.

2. Mercado Flutuante

barcos do mercado flutuante em willemstad curaçao
Os barquinhos do Mercado Flutuante.

O solo da ilha não é próprio para agricultura. Os produtos vêem de barco, principalmente, da Venezuela para vender frutas, verduras e legumes em Willemstad.

frutas do mercado flutuante de willemstad em curaçao
Um pouquinho das frutas do mercado.

Esse mercado é como a nossa feira, só que o invés de barracas temos barquinhos ancorados ondem são vendidos os produtos.

3. Mercado Central

produtos do mercado central de willemstad em curaçao
Produtos do mercado central.

Também chamado de Mercado Popular, fica quase ao lado do Mercado Flutuante. Aqui encontramos artesanato, roupas e algumas coisas curiosas como lojas vendendo “poção do amor” e outras coisas mais místicas.

Tenha o espírito aberto e se divirta.

4. Sinagoga Mikvé Israel-Emanuel

interior da sinagoga de willemstad em curacao
Interior da sinagoga. Note o chão coberto de areia.

É uma sinagoga bem pequena e simples, chama a atenção o seu chão todo coberto de areia. O motivo? São três: recordar os 40 anos do povo judeu no deserto do Egito; os judeus que tiveram que esconder sua fé na época da Inquisição e usavam areia para abafar o som de suas preces; e as palavras de Deus a Abrahão e, Gênesis 13:16: “Tornarei a sua descendência tão numerosa como o pó da terra” (em inglês é “sand” = areia).

É a mais antiga sinagoga em uso ininterrupto nas Américas, desde 1732.

entrada do museu judaico da sinagoga de willemstad curaçao
Entrada do Museu Judaico no interior da sinagoga.

O ingresso dá direito a também visitar um pequeno museu, fundado em 1970, que fala da presença judaica em Curaçao.

  • site: www.sinoa.com

5. Letreiro Curaçao

letreiro curaçao na praça willelmina em curaçao
O letreiro.

Letreiro com nome de uma cidade é algo cada vez mais comum e todo mundo a-do-ra tirar fotografia. Que nunca?!

Aqui em Willemstad fica na Praça Koningin Wilhelmina.

6. Waterfront

waterfront em willemstad curaçao
Um pedaçinho do Waterfront.

A Waterfront Straat é uma área com vários restaurantes, ao longo o canal que divide Punda e Otrabanda. Também um calçadão por onde podemos caminhar e relaxar vendo a bela arquitetura da cidade.

7. Rif Fort

willemstad vista do fort rif em curaçao
A cidade vista do Fort Rif.

Um antigo forte que protegia a entrada da Willemstad. Hoje um local ótima para se ter uma bela vista da cidade e um complexo de restaurantes administrado pelo Renaissance. Fica integrado ao hotel, shopping e cassino.

fort rif visto de longe em willemstad
Fort Rif integrado ao complexo comercial e hoteleiro.

 

estrutura do fort rif em willemstad curaçao
Há uma parte da estrutra bem reconstituída.

Ótima opções de restaurante. De noite há show de música ao vivo.

8. Museu Kura Hulanda

entrada do museu kura hulanda em willemstad curaçao
Entrada do museu.

O Kura Hulanda é um hotel lindíssimo, espalhado por várias casas coloniais restauradas. Lembram muito o Pelourinho ou Paraty.

janela do hotel kura hulanda em willemstad curaçao
Um detalhe do hotel. Adoro fotografar janelas!

Esse hotel criou o Museu Kura Hulanda, que tem como objeto a cultura africana, em especial das nações que tiveram escravos enviados para Curaçao.

interior do museu kura hulanda
Um detalhe do museu.

O museu foi uma grata surpresa, pois tem um acervo bastante rico e diversificado.

A entrada é U$ 10 e achei que foi uma visita bem interessante.

  • site: http://www.kurahulanda.com/en/museumx

9. Blue Curaçao – Landhuis Chobolobo

casa do passeio blue curaçao em willemstad
Casa colonial do passeio.

Aqui não dá para ir a pé, precisa pegar o carro de novo, pode ser o último (ou o primeiro) item do seu roteiro antes de voltar para o hotel.

O licor Blue Curaçao é mundialmente famoso e aqui conhecemos um pouco da sua história em uma bela casa colonial. Nós conhecemos o drinque azul, mas há o licor em várias cores e sabores.

garrafa de blue curaçao
A bebida. Saúde!!!

A exposição é bem mais ou menos. No final há uma degustação (mínima), uma loja onde é possível fazer compras e um restaurante bem agradável.

Não é vantagem comprar lá, no freeshop você encontrará menos variedades porém mais barato.

Ao menos é de graça a visita.

  • site: https://www.curacaoliqueur.com/

————–

Um mapinha sempre ajuda né:

KML-LogoFullscreen-LogoQR-code-logoGeoJSON-LogoGeoRSS-Logo
Willemstad

carregando mapa - por favor aguarde...

Queen Anna Bridge: 12.105921, -68.935132
Mercado Flutuante: 12.106138, -68.932461
Mercado Central: 12.105386, -68.931109
Sinagoga Mikvé Israel-Emanuel: 12.105115, -68.932763
Letreiro Curaçao: 12.107185, -68.937230
Waterfront: 12.104851, -68.935207
Rif Fort: 12.105084, -68.938052
Museu Kura Hulanda: 12.108087, -68.935376
Blue Curaçao: 12.110272, -68.903757
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Queen Anna Bridge
Handelskade Curaçao
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Mercado Flutuante
Floating Market, Curacao
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Mercado Central
De Ruyterkade Curaçao
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Sinagoga Mikvé Israel-Emanuel
Mikvé Israel-Emanuel, Curacao
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Letreiro Curaçao
Breedestraat Curaçao
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Waterfront
Handelskade Curaçao
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Rif Fort
Rif Fort, Curacao
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Museu Kura Hulanda
Klipstraat Curaçao
marker icon
icon-car.png Fullscreen-Logo KML-Logo
Blue Curaçao
Landhuis Chobolobo, Curacao

—————

Espero que tenha gostado desse roteiro! Deixe suas dicas nos comentários.




Compartilhe
        
     
Post Autor
Lulu Freitas
Carioca que ama viajar. Meu lema: "Vivo para viajar. Viajo para viver". Compartilho aqui minhas experiências de viagens pelo mundo, com dicas sobre tudo o que conheci e adorei.

comentários

14 comentários
  1. postado por
    Camila Torres
    fev 6, 2017 Reply

    Adorei, um post diferentão sobre Curaçao!

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 7, 2017 Reply

      Obrigada pelos elogios Camila! bjs

  2. postado por
    Aline Pires
    fev 4, 2017 Reply

    Achei fofas as casas coloridas e a Queen Anna todo colorida à noite!

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 5, 2017 Reply

      Oi Aline! Sim, é uma graça! Obrigada pela visita. bjs

  3. postado por
    Paloma
    fev 4, 2017 Reply

    Já senti vontade viajar! To precisando dessas viagens gostosas para fora.

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 4, 2017 Reply

      Que bom que curtiu o post! Obrigada!

  4. postado por
    Flávia Donohoe
    fev 4, 2017 Reply

    que lugarzinho fofo e que roteiro completíssimo, essas casinhas coloridas me lembraram um bairro em Copenhague, tenho muita vontade de conhecer Curaçao, que lugar lindo!

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 4, 2017 Reply

      Oi Flávia! Obrigada pelo elogio e, sim, as casinhas são muito fofas. bjs

  5. postado por
    Carolina Belo
    fev 4, 2017 Reply

    Oi Luciana! Adorei a Queen Emma Bridge (tinha visto a foto dela iluminada no Insta). E se ainda cobrassem o pedágio, eu passaria sem sapato na hora, ha ha ha…
    Achei muito interessante também a simbologia da areia na sinagoga.
    Já sobre o letreiro, eu amooooooooo, ha ha ha ha… É só ver umas letras, que já estou indo tirar foto…
    E, para finalizar, eu nunca tinha me ligado no licor Blue Curaçao… Ha ha ha ha… Como não bebo, não fico prestando atenção, mas maneiro!
    Parabéns pelo post bem explicativo!
    Abraços
    Carolina

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 4, 2017 Reply

      Oi Carolina! Obrigada pelos elogios. Eu também não bebo e fiquei mega supresa sobre esse lance das várias cores e sabores. Obrigada pela visita. bjs

  6. postado por
    Viajante Comum
    fev 3, 2017 Reply

    Ahhhh! adorei os Mercados Flutuantes! Aliás, o Mercado Central também! Parabéns pelo post! 🙂

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 3, 2017 Reply

      Olá! Obrigada pelo elogio. Sim é muito interessante tudo isso! bjs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais fotos de minhas viagens

Siga o blog no Instagram, por lá rolam muitas outras fotografias dos lugares mais lindos que já visitei. São fotos de viagens, lugares, roteiros de viagens e dicas com passeios surpreendentes.

Junte-se ao Instagram