Receba matérias por email!

7 motivos para viajar sozinha

viagem sozinha, 7 motivos para viajar sozinha
Home  »  Diário de BordoInspiraçãoListas   »   7 motivos para viajar sozinha

[atualizado mai/18] Viajar sozinha pode ser muito bom! Escrevi sobre os medos mais comuns de viajar sozinho. Agora vou contar sobre o lado bom, os motivos para uma viagem sozinha!

A minha primeira viagem sozinha foi para a Holanda (aproveite e confira o meu roteiro em Amsterdam). Já tinha viajado sozinha antes mas apenas por um dia e sempre a trabalho.

Um dia resolvi tomar coragem e passar uma semana por lá. Óbvio que senti aquele frio na barriga. Será que vou gostar? Será que vou ter medo? Será que vou me sentir sozinha? Muita coisa passou pela minha cabeça.

Ah! Por que a Holanda? Por que Amsterdam? Porque é uma cidade segura, alegre e achei que seria um bom pontapé inicial para essa experiência.

Talvez o segredo (se é que há) para se começar a viajar sozinha é dar um passinho de cada vez, indo para lugares que tenhamos a sensação de segurança aliada à vontade de desbravar!

Não me entenda mal. Adoro viajar com amigos ou família. É maravilhoso ter alguém do lado para conversar, dividir e brincar, mas, como tudo na vida, também tem o seu lado chato.

Viajar sozinha desperta muitos sentimentos e olhares. Alguns acham que sou uma super-mulher-corajosa outros que sou louca, além daqueles que ficam com pena. Ai… ai…

Para mim, uma viagem sozinha é uma experiência que toda mulher deveria fazer pelo menos uma vez na vida.

Por isso tudo, fiz uma listinha de razões para viajar sozinha e ajudar a quem quiser se aventurar pelo mundo.

Nessa lista eu não inclui uma palavra muito comum hoje em dia: empoderamento. A razão é que não estou discutindo o direito da mulher de viajar sozinha. Claro que temos! Aqui só quero mostrar o que ganhamos com a experiência.

Quais os motivos para viajar sozinha?

1. Libertação

Esse é o grande sentimento que senti na minha primeira viagem sozinha. Que o mundo não tinha mais limites. Que a vida não tinha mais limites.

Nem sempre é possível conciliar a agenda com outras pessoas para viajar, nem sempre se tem os mesmos gostos ou grana. Tantas coisas podem ficar no caminho e impedir que você viaje para aquele lugar tão desejado…

Não sei se outras pessoas sentiram isso, só sei que foi como se eu visse a vida por uma frestinha e agora a porta está escancarada!

viagem sozinha cataratas do iguaçu macuco safari
Passeio de barco sozinha nas Cataratas do Iguaçu.

2. Liberdade

Viajar sozinha significa fazer o que quiser, na hora que quiser.

Está a fim de ficar horas dentro de um museu? Não almoçar para ganhar mais horas de passeio? Acordar mais tarde? Você é o rainha do pedaço, é quem manda.

Soa egoísta? Talvez.

Recentemente estive em Chicago e saí do hotel com alguns programas no roteiro. Só que a cidade é tão incrível que fui andando, vendo outras coisas e acabei fazendo muito mais do que o previsto. Sai às 9h e cheguei no hotel às 11h. Feliz da vida!!!!! Será que faria isso se estivesse acompanhada? Provavelmente não.

Sem estresse! Tem coisa pior que um companheiro de viagem chato? Com gostos diferentes? No final você está querendo matar o coitado, não é?

3. Auto conhecimento

Você está sozinha e passa a conviver 24 horas com você mesma.

Na nossa rotina do dia a dia estamos tão envolvidos que não olhamos para dentro da gente. Ao viajar sozinha somos obrigadas rever nossos limites e temos tempo para pensar sobre a vida.

É meio abstrato, eu sei, mas passei a me conhecer melhor e a me testar. Me ajudou muito a trabalhar a minha timidez, por exemplo. A meeeega tímida agora é só tímida rsrs

viagem sozinha campo tulipas holanda
Sozinha em um campo de tulipas perto do parque de Keukenhof na Holanda.

4. Vencer seus medos

A nossa vida é muito baseada nos medos. Medo de perder o emprego, medo de ficar doente, medo de perder uma pessoa querida. Esses são medos factíveis e bastante reais.

Só que ao viajar sozinha você terá que vencer medos mais comuns que muitas vezes também nos paralisam: medo de ir a um restaurante desacompanhada, medo de pegar um avião…

Some ao fato de ser mulher e todas as dificuldades sociais que isso envolve. Não podemos tampar o sol com a peneira. Há, sim, perigos e preconceitos por simplesmente ser mulher.

Em uma viagem sozinha é você e só você. Não dá para ficar de mimimi. No final você verá que muito desses medos são pura bobagem.

Outros medos mais reais podem (e são) superáveis. Vá em frente. Sempre.

5. Estar aberta a novas experiências

Sem as amarras sociais nem alguém que te conhece você fica mais aberta a novas experiências. Resolveu comer aquela comida local mega estranha? Não vai ter alguém do seu lado para tentar fazer você mudar de ideia.

Você está mais aberta e receptiva ao viajar sozinha, é fato.

Já me vi fazendo coisas que normalmente pensaria duas, três, mil vezes antes de fazer. Subir naquele lugar altíssimo só para ver a vista, tendo medo de altura? Pois é. Já fiz.

viagem sozinha icebar puerto iguazu
Drinque sozinha no Icebar de Puerto Iguazú.

6. Observar

Quando se está sozinha a gente observa o nosso redor, vê detalhes que antes passariam despercebidos.

Nossa capacidade de contemplação e de absorver a cultura local aumenta porque você está focada no momento, sem a distração da fofoca ou do selfie com seu parceiro de viagem.

É um grande aprendizado.

7. Novas amizades (ou não)

Como não? Você poderá conhecer várias pessoas, onde menos esperar.

Lógico que ao fazer um tour em grupo ou se hospedar em um hostel, por exemplo, terá mais oportunidades de fazer amigos e conhecer pessoas. Vá por mim, você não é a única do mundo a viajar sozinha e poderá ter ótimas surpresas.

No Carnaval de 2016 resolvi viajar sozinha para a Chapada dos Veadeiros. Não estava a fim do clima pegação do Rio. Acredite, foi um dos melhores carnavais que já tive! Cheguei lá e encontrei um grupo de pessoas muito bacanas nas trilhas (várias também sozinhas!). Formamos uma galera mega animada que fazia trilha de dia e ia beber à noite! Continuamos a manter contato 🙂

Mas se não conhecer ninguém… tudo bem. Qual o problema?

———————————-

O que você acha de viajar sozinha? Se anima para uma viagem sozinha? Alguma sugestão?

Receba matérias por email!

Post Autor
Lulu Freitas
Carioca que ama viajar. Meu lema: "Vivo para viajar. Viajo para viver". Compartilho aqui minhas experiências de viagens pelo mundo, com dicas sobre tudo o que conheci e adorei.

comentários

1 comentário
  1. postado por
    Roteiro no Peru – 17 dias sozinha por 6 cidades | Uma Sul Americana
    abr 20, 2018 Reply

    […] E fui com medo mesmo! Fui sozinha pra curtir esses 7 benefícios que a Luciana listou no blog Let’s Fly Away. […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais fotos de minhas viagens

Siga o blog no Instagram, por lá rolam muitas outras fotografias dos lugares mais lindos que já visitei. São fotos de viagens, lugares, roteiros de viagens e dicas com passeios surpreendentes.

Junte-se ao Instagram