Receba matérias por email!

A incrível Chapada dos Veadeiros

Home  »  BrasilGoiás   »   A incrível Chapada dos Veadeiros

A Chapada dos Veadeiros é um daqueles lugares mágicos. Não estou falando por causa das histórias de disco voador, ET, cristais e de hippies em alfa que são lendas pela região.

É mágica por conta da beleza natural e das pessoas que vivem por lá. Um cenário deslumbrante e histórias de vida fantásticas que provam o efeito transformador que a natureza e a consciência ecológica podem ter na vida das pessoas.

História como a do guia Pacheco que no ido nos anos 80 se mudou para lá e se tornou um pioneiro, cujo lazer é desbravar a região atrás de novas cachoeiras, acampar ao relento e por aí vai. Ou do secretário de meio ambiente da cidade de Alto Paraíso de Goiás, que largou o emprego de advogado engravatado em Brasília para viver na cidade pequena em defesa da natureza.

ceu e arvores da chapada dos veadeiros em goias
O céu da Chapada me chamou muito a atenção. Tão azul!

O que é a Chapada dos Veadeiros

A Chapada dos Veadeiros fica no Planalto Central, ao norte de Goiás, marcada por uma vegetação de cerrado. Até chegar lá vemos muitas plantações de soja no caminho.

A região fica a cerca de 1.000m acima do nível do mar e é Patrimônio Natural da Humanidade da Unesco. Componente geológico (cristais) e por estar no paralelo 14 (o mesmo de Machu Pichu) dá o componente esotérico ao local.

placa com desenho de et na chapada dos veadeiros goias
O lado esotérico é muito forte na região.

Os passeios para quem visita a região são o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (cuja entrada fica em Vila de São Jorge) e trilhas em áreas ao redor. Algumas são privadas, dentro de fazendas sendo preciso pagar entrada, outras não.

Nas trilhas há cachoeiras e/ou rio de águas cristalinas para um pit stop para um banho.

Ecoturismo de qualidade.

O cenário é lindo, uma mistura de mato, vegetação rasteira, pedra e água. Uma coisa me chamou atenção: a falta de animais. Veado?! Nem pensar! Nem um passarinho… Na cidade sim! Muitas araras e tucanos. Mas no cerrado não! Estranho… rsrs

Como chegar na Chapada dos Veadeiros

A melhor forma de chegar é a partir de Brasília. A região da Chapada dos Veadeiros fica a cerca de 3 horas de carro pela BR-020 e GO-118, ambas bem sinalizadas e asfaltadas. São 230km até Alto Paraíso de Goiás, 268km até Vila de São Jorge e 308km até Cavalcante, cidades da região.

vista da região da chapada dos veadeiros no caminho para alto paraíso
Vista da região pela janela do carro.

De ônibus obviamente a viagem é mais longa, podendo ser feita através da empresa Real Expresso. Pouquíssimas opções de horário.

Quando visitar a Chapada dos Veadeiros

verde da chapada dos veadeiros em goia na epoca de chuvas
O verde da região na época das chuvas.

São basicamente dois climas: seca (abril a outubro) e chuvas (novembro a maio).

Na época de chuvas a vegetação é mais exuberante e os rios volumosos. Na seca a água dos rios e cachoeiras fica mais cristalina.

Eu fui no Carnaval de 2016 e dei muita sorte. Dias de muito sol e calor, apenas em dois dias de chuvas no fim de tarde que não atrapalharam os passeios.

Como conhecer a Chapada dos Veadeiros

Todas as trilhas podem ser feitas por conta própria.

Algumas trilhas de fato não carecem de guia, por serem de fácil acesso e nível de dificuldade baixo. Porém em outras a presença de um guia me parece importante pela falta de sinalização e caminhos mais complicados.

Se você for visitar por conta própria, é importante alugar um carro para poder chegar nas trilhas, porque são todas afastadas da cidade e, como já disse, aqui não tem ônibus nem táxi.

Caso queria um guia, contrate um local que seja credenciado. No Centro de Atendimento ao Turista na praça principal você terá todas as informações de passeios e indicações.

As cachoeiras da região são lindas.
As cachoeiras da região são lindas.

Eu não fui por conta própria, fechei um pacote com a Travessia Ecoturismo. Essa é a principal agência de Alto Paraíso de Goiás, super séria. O pacote incluía o transfer Brasília x Alto Paraíso, transporte de van para as trilhas, guia (em trilhas mais longas havia dois guias), entrada (se houver), lanche para levar no passeio e almoço em um restaurante da região no final da aventura do dia (um almoço quase jantar, tipo 16h).

Não me arrependi nem um pouco fazer o passeio assim. Pelo contrário! O serviço da Travessia é excelente, com van em bom estado, pontualidade, atenção e carinho com todos do grupo.

Além disso, o passeio foi em grupo pequeno mesmo em alta temporada (8 pessoas) e a troca de experiências foi muito bacana. Os guias super conhecedores da região (viu lá no início a história do Pacheco?) tornavam o passeio ainda mais rico, contando cada mínimo detalhe do lugar.

Importante: apesar do passeio em grupo não havia pressão de ritmo na caminhada, cada um no seu ritmo. Alguns mais para frente outros mais atrás, com paradas ao longo das trilhas para reagrupar.

Onde de se hospedar

Na região da Chapada dos Veadeiros há 5 municípios: Alto Paraíso de Goiás, Vila de São Jorge, Cavalcante, São João D’Aliança e Teresinha de Goiás.

flor selvagem na chapada dos veadeiros em goias
A natureza da chapada encanta os olhos.

Para conhecer a Chapada dos Veadeiros as alternativas mais comuns para usar de base são Alto Paraíso de Goiás ou Vila de São Jorge.

A diferença básica é que Alto Paraíso possui mais infraestrutura, com ruas pavimentadas e boas opções de restaurantes. São Jorge é mais rústica, pé na terra literalmente, já que não é asfaltada, com frequente falta de luz e água na alta temporada.

Porém não se engane: Alto Paraíso de Goiás é também uma cidade bem pequena, só um tiquinho maior se comparada a Vila de São Jorge. Cerca de 10.000 habitantes. Em ambas tudo é feito à pé, não há ônibus ou táxi.

Alto Paraíso também tem uma maior quantidade de pousadas e um hotel. Sim, você leu bem. Um único hotel, com direito a ar condicionado e wi-fi. O hotel chama-se Chappada Hotel. Fácil de localizar porque fica na rua principal (Avenida Ary Valadão Filho) e tem uma escultura de disco voador na porta.

Eu me hospedei na Pousada Veadeiros, com quarto bem simples (com um ventilador velhinho e tv pequenininha), mas wi-fi que funcionava e um café da manhã variado e feito com muito carinho.

Procure ficar em um hotel próximo da avenida principal, porque assim você poderá fazer tudo a pé.

Onde comer em Alto Paraíso de Goiás

Em Alto Paraíso de Goiás há uma surpreendente boa gastronomia. A rua principal possui uma série de restaurantes de boa qualidade e variedade: japonês, hamburgueria gourmet, italiano, risoteria, etc.

Os restaurantes, em sua maioria, só funcionam de noite já que durante o dia o programa é curtir a natureza e os turistas não ficam pela cidade.

Destaque para os restaurantes La Vida et Bella (italiano), Vendinha 1961 (bar com música ao vivo) e Casa da Drica (uma mistura de loja e café natureba).

O que levar para conhecer a Chapada dos Veadeiros

árvore do cerrado na chapada dos veadeiros em goias
Vá preparado para encarar as trilhas e a natureza.

A mala não precisa ser grande, roupas despojadas para usar de noite. Tudo é muito relax. De noite um casaquinho vai bem, porque  temperatura cai um pouquinho.

Para as trilhas, vá de roupa leve. Verifique que tipo de trilha você irá fazer, porque se for com mato mais alto é bom usar uma calça para não ferir a perna. Vá de roupa de banho por baixo para poder cair nas águas deliciosas.

cachoeira da chapada dos veadeiros em goias
Você irá tomar muito banho de cachoeira.

Chapéu e óculos escuros sempre. Protetor solar idem (repassando toda hora). Repelente? Li em todos os lugares que sim e usei, mas confesso que não vi mosquito. Talvez fosse a época do ano…

Capa de chuva ou casaco impermeável na época de chuvas.

O tênis não preciso nem mencionar, não é? De preferência de trilha e confortável.

Garrafa de água e lanchinho para comer durante a trilha.

Mochila para carregar toda essa tralha! hahaha

……………………………………………………………………….

 Se animou conhecer a Chapada dos Veadeiros? No próximo post vou falar dos lindos lugares da região.

Receba matérias por email!

Post Autor
Lulu Freitas

Carioca que ama viajar. Meu lema: “Vivo para viajar. Viajo para viver”. Compartilho aqui minhas experiências de viagens pelo mundo, com dicas sobre tudo o que conheci e adorei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais fotos de minhas viagens

Siga o blog no Instagram, por lá rolam muitas outras fotografias dos lugares mais lindos que já visitei. São fotos de viagens, lugares, roteiros de viagens e dicas com passeios surpreendentes.

Junte-se ao Instagram