Receba matérias por email!

Viagem para o Jalapão: dicas para aproveitar ao máximo. Super guia!

Home  »  BrasilDestinosTocantins   »   Viagem para o Jalapão: dicas para aproveitar ao máximo. Super guia!

Uma viagem para o Jalapão é conhecer um Brasil diferente. Um Brasil selvagem. Imenso. Um Brasil que deve ser preservado, de uma beleza indescritível.

“O Jalapão é bruto” é o lema.

Estive lá em setembro/2019, uma semana rodando pela região. Vou compartilhar com você dicas para organizar sua viagem para o Jalapão.

Já adianto que essa é uma viagem para quem gosta de ecoturismo, de Natureza. Não é um passeio para quem procura turismo de luxo.

Veja também:

Todo o esforço e dificuldades (estradas de terra e areia; falta de sinal de celular; muito calor, por exemplo) valem a pena, pois você encontrará lugares quase intocados e bem preservados.

Será uma experiência inesquecível!!!

Viagem para o Jalapão: dicas para se organizar

1. Onde fica o Jalapão

O Jalapão fica no Tocantins, a 300km da capital Palmas, no extremo leste do estado. Quando falamos de Jalapão, na verdade estamos tratando do Parque Estadual do Jalapão.

São 34 mil km2 na divisa entre Bahia, Piauí e Maranhão, de uma paisagem árida, mas cheia de rios de águas transparentes, cerrado, chapadas, trilhas e cachoeiras. Uma mistura de cenários encantadora.

cerrado jalapao
Há uma grande mistura de cenários no Jalapão.
flor tocantins
Não poderia faltar foto de flor, não é?
cachoeira da velha dicas de viagem jalapao
Cachoeira da Velha.

São várias unidades de conservação para preservação que formam o ecossistema do Jalapão: o Parque Estadual do Jalapão, o Parque Nacional das Nascentes do Rio Parnaíba; a Estação Ecológica da Serra Geral do Tocantins; a Área de Preservação Ambiental  (APA) Serra da Tabatinga; e a APA Jalapão. 

2. Como chegar no Jalapão

Palmas, capital de Tocantins, é a porta de entrada para o passeio. O aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues recebe os voos vindos de São Paulo, Brasília, Goiânia e Araguaína.

A partir de Palmas vamos para as cidades de Mateiros, Novo Acordo, Ponte Alta do Tocantins e São Félix do Tocantins, as principais na região do Jalapão.

O deslocamento é de carro com tração 4×4.

iagem para jalapao carro
Olha o carro da minha trip.

É bastante perigoso viajar de carro comum considerando as estradas de terra, areia e muuuitos buracos. O carro atolar e quebrar pode significar horas até alguma ajuda. As estradas são vazias; sem sinal de celular; e com poucas cidades e povoados.

Outro detalhe importante: poucas placas e não há sinal de celular, logo, nada de GPS. Salve o Google Maps offline para poder se guiar.

estrada areia viagem para jalapao
Assim são as estradas. Areia e terra. Quase desertas. Pouquíssimos carros.

Se você for se aventurar sozinho, fique ligado. Velocidade baixa e cuidado redobrado!

Se você for alugar carro escolha um de tração 4×4. Faça aqui cotação com a RentCars, sem custo adicional.

Por conta das dificuldades de deslocamento e logística, o recomendado é a contratação de um pacote de viagem para o Jalapão, que inclui transporte e guia. Foi o que fiz.

De ônibus você consegue ir para as cidades (não há linha diária), mas não para as atrações da região. Veja aqui mais informações sobre ônibus no Jalapão.

3. Melhor época para viajar para o Jalapão

É calor ano inteiro no Jalapão. Bastante calor. Prepare-se!

A melhor época para visitar é entre maio e setembro, a época de seca. Se viajar para o Jalapão em julho prepare-se para encontrar filas nos fervedouros e outras atrações mais disputadas. Esse é o mês mais visitado.

mirante cachoeira da velha
O Mirante da Cachoeira da Velha é um dos lugares mais disputados.

De outubro a abril é a época de chuvas, especialmente nos meses de dezembro a fevereiro. Apesar do calor, as chuvas podem atrapalhar alguns passeios.

4. Como conhecer: pacote de viagem para Jalapão

Como expliquei sobre como se locomover por lá, a melhor forma é contratar um pacote de viagem para o Jalapão através de uma agência especializada. A viagem é chamada de “expedição”.

Eu contratei a Cerrado Rupestre através agência Venturas e recomendo muito! Foi um serviço perfeito! Estava incluído hotel, transporte, guia, ingresso dos locais pagos, alimentação e seguro de acidente pessoal.

Os pacotes de viagem para Jalapão oferecidos pelas agências são parecidos: chegada em Palmas e pernoite; viagem para o Jalapão (variando a quantidade de dias e atrações, em geral de 2 a 7 dias); e volta para Palmas.

Acho que um pacote de 2 dias será muito corrido e você não aproveitará a viagem. Não valerá o esforço de ir até lá. Eu fiz a expedição de 6 dias e foi sensacional!

viagem para jalapao paisagem
Uma das muitas paisagens do Jalapão.

Dicas ao contratar o pacote de viagem para o Jalapão

Analise os pontos turísticos que estão incluídos na expedição e como serão feitos os passeios. Há opções onde tudo é de carro. Outras onde há atividades como trilhas e escaladas. Veja qual o tipo que melhor se enquadra no seu estilo e preparo físico!

Além disso, há roteiros onde a base é exclusivamente a cidade de Mateiros. O que restringe a possibilidade de pontos turísticos do Jalapão a serem visitados. Prefira um roteiro circular, com o pernoite em cidades diferentes. A regra é: quanto mais cidades para pernoite maior a variedade de atrações.

Os hotéis são reservados de acordo com as parcerias das agências, mas é importante lembrar que as cidades no Jalapão são bem pequenas e com pouco infraestrutura. Portanto, as alternativas de hospedagem não são muitas e nem luxuosas.

A alimentação também estará garantida, já que incluída nas expedições. Os poucos restaurantes perto dos pontos turísticos do Jalapão trabalham com horários restritos e por encomenda prévia, o que é providenciado pela agência.

Ao comprar um pacote de viagem para o Jalapão você viajará com segurança. Eu não costumo contratar esse tipo de pacote (em geral monto as minhas próprias viagens), mas aqui recomendo fortemente você fazer uma expedição para o Jalapão.

viajar para jalapao estrada
Se a estrada não é de areia é de terra. Sempre com poucos carros. Dá para tirar várias fotos assim.

Analisando todo o serviço oferecido, viajar para o Jalapão não é caro como outros destinos de ecoturismo no Brasil.

Se você for viajar para o Jalapão por conta própria

Caso escolha viajar por conta própria, uma lista de detalhes para você observar:

  • alugar um carro com tração 4×4 (e saber dirigir um! rsrs). Não é brincadeira dirigir naquelas estradas. Se o carro quebrar ou atolar pode demorar horas para obter ajuda.
  • não há posto de gasolina entre as cidades, fundamental calcular o consumo e, se possível, levar um galão extra por garantia. Lembre-se que por conta das péssimas condições você levará duas ou até três vezes o tempo que se estivesse em uma estrada asfaltada.
  • ter GPS offline e mapa convencional, porque não há sinal de celular e internet. A sinalização da estrada é péssima.
  • tenha comida no carro, caso aconteça algum imprevisto na estrada.
  • não pegue estrada de noite.
  • reservar uma pousada. As agências ocupam as melhores da região, então provavelmente você ficará em pousadas inferiores ou em quartos em casas de família.
  • use as cidades de São Félix do Tocantins, Mateiros e Ponte Alta do Tocantins como base para os pernoites.
  • alimentação. Como disse, há poucos restaurantes onde ficam as atrações e que trabalham por encomenda antecipada. É preciso se organizar. Nas cidades há mais opções.
  • considere contratar um guia local.

5. Quantos dias para visitar o Jalapão Tocantins

Eu fiquei 6 dias por lá e achei a quantidade de dias perfeita para conhecer todas as principais atrações e curtir bastante o local. Fiz trilhas, rafting e muitos passeios!

É possível fazer em menos dias, mas pode ser cansativo, considerando a dificuldade nos deslocamento.

6. Lugares imperdíveis no Jalapão

Em breve vou escrever o meu roteiro no Jalapão. Desde já indico quais são os lugares imperdíveis:

  • Cachoeira da Velha: uma queda d’água de 100m de altura.
  • Rafting no rio Novo, permitindo ver um outro lado da Cachoeira da Velha.
  • Dunas: dunas de areia fina e alaranjada com quase 40m de altura, para assistir um pôr do sol maravilhoso.
  • Serra do Espírito Santo: formação rochosa típica da região.
  • Fervedouros: pequenos lagos de água quente, transparente e onde não conseguimos afundar. Há vários lindos como o Bela Vista e o Alecrim.
  • Cachoeira do Formiga: cachoeira em uma nascente de água verde cristalina.
  • Pedra Furada: foi cenário de novela da Globo e um cenário de belas fotografias.
rafting jalapao
Lulu toda concentrada remando ali de camisa rosa do lado esquerdo da foto

7. O que levar na mala para o Jalapão

Deixe em casa o salto alto e a maquiagem exuberante. A ideia é conforto e simplicidade.

Leve na mala:

  • roupa de banho (várias!).
  • toalha para se secar nos passeios (se possível aquelas de alta absorção que são super práticas).
  • chapéu ou boné.
  • repelente (há alguns fervedouros e rios onde é proibido usar por conta de preservação do meio ambiente. Informe-se antes de usar).
  • filtro solar (idem).
  • GoPro ou proteção impermeável para usar o celular dentro d’água. Vai por mim, você vai querer fotografar e filmar nas águas cristalinas.
  • bateria externa (power bank). Não há lugar para carregar a máquina ou celular durante o dia. Não corra o risco de ficar sem fotografar aquela lindeza toda.
  • máscara de mergulho ou óculos de natação se quiser mergulhar.
  • garrafa de água para se hidratar.
  • lanches para beliscar durante o dia (não esqueça de carregar sempre com você o seu lixo!).
  • chinelo e tênis.
  • sapatilha de neoprene se quiser usar nas cachoeiras e rios (eu não usei).
  • roupas leves como short e camiseta. Abuse do dry fit.
  • casaco impermeável no período de chuva.
  • shampoo, condicionador, sabonete e hidratante (não encontrará nas pousadas).

Se precisar de comprar alguma coisa use a nossa parceria com a Amazon, sem custo adicional:

Se você for fazer trilha, recomendo também levar na mala para o Jalapão:

  • tênis ou bota de trilha.
  • lanterna de cabeça para as trilhas noturnas.
  • calça comprida (não vá de bermuda para as trilhas!).
  • mochila.
  • sapatilha de neoprene para o rafting (se não tiver, poderá alugar lá).
por do sol jalapao
Eu fiz uma trilha para ver esse pôr do sol de tirar o fôlego.

8. Onde ficar na sua viagem para o Jalapão

Como disse, as principais cidades para se hospedar são Mateiros, Novo Acordo, Ponte Alta do Tocantins e São Félix do Tocantins.

Não há hotéis de luxo ou de grandes redes hoteleiras. Há pousadas, simples algumas estruturadas outras nem tanto.

Se for viajar por conta própria, veja abaixo opções de hospedagem com a parceira com o Booking, sem custo adicional.

Booking.com

9. O que comer no Jalapão

No Jalapão você comerá uma comidinha caseira, do interior do nosso Brasil.

Prepare-se para galinha caipira, tapioca e muitas frutas.

restaurante cidade tocantins
Um dos restaurantes simples e gostosos durante a viagem.
cajuzinho cerrado
Esses cajuzinhos são deliciosos! Direto do pé.

Experimente os sorvetes artesanais. Há sabores e frutas tão diferente! E maravilhosos! Foi uma das coisas prediletas da viagem. Todo dia provar um sorvete diferente.

10. Compras no Jalapão

O capim dourado é uma das maiores riquezas naturais do Jalapão. O artesanato com capim dourado é lindo e feito pela comunidade local.

capim dourado jalapao
O trabalho com capim dourado é muito bonito.

Ao comprar algum produto você estará ajudando os moradores locais.

11. Dinheiro no Jalapão

Leve dinheiro em espécie. Poucos estabelecimentos aceitam cartão de crédito e há poucos caixas eletrônicos

12. Celular durante viagem para o Jalapão

Esqueça celular e internet durante o dia. Não funciona.

Nas pousadas você encontrará wi-fi. Mas o sinal nem sempre é bom.

Aproveite a viagem para o Jalapão para um detox de redes sociais e internet. Vai fazer bem para a alma!

fervedouro jalapao
Os fervedouros são maravilhosos. Algo único o Jalapão.

Conclusão: viagem para Jalapão

Eu quero voltar!! Amei viajar para o Jalapão. Vou escrever mais sobre esse pedaço lindo do Brasil e tenho certeza que você irá se apaixonar.

As dificuldade são muitas e não é um lugar cheio de luxo ou glamour. Só que é lindo de morrer!

Lembre-se:

Se precisar de hotel, use nossa parceria com o Booking, sem custo adicional.

Se precisar de seguro de viagem use a nossa parceria com a SegurosPromo. Usando o cupom LETSFLYAWAY5 você tem 5% de desconto.

Caso precise alugar carro, veja nossa parceria com a RentCars.

Para ingressos e passeios, veja a nossa parceria com a Civitatis.

Veja a a lojinha de produtos para viagem da Let’s Fly Away ou use diretamente a nossa parceria com a Amazon.

Gostou desse guia com dicas de viagem para o Jalapão? Deixe suas dúvidas e perguntas. Vou ter prazer em responder. 🙂

Receba matérias por email!

Carioca que ama viajar. Meu lema: "Vivo para viajar. Viajo para viver". Compartilho aqui minhas experiências de viagens pelo mundo, com dicas sobre tudo o que conheci e adorei.

comentários

8 comentários
  1. postado por
    Hebe
    ago 4, 2020 Reply

    Lulu seu post sobre dicas para viajar para o Jalapão só aumentou minha vontade. Esse destino está no topo da minha lista e vou usar seu post de guia. Valeu!

    • postado por
      Lulu Freitas Gorges
      ago 5, 2020 Reply

      Oi Hebe!! Que bom que aumentei a sua vontade! rsrs bjs

  2. postado por
    Murilo Pagani
    ago 4, 2020 Reply

    Adorei suas dicas! Sou doido para fazer uma viagem ao Jalapão, parece ser o tipo de lugar que eu amo. Muita natureza, tranquilo e rústico.

    Bom saber que o ideal é fechar um pacote com alguma agência. Sempre acabo indo por conta própria para os lugares, mas neste caso acho que não vale a pena arriscar!

    Abraço

    • postado por
      Lulu Freitas Gorges
      ago 5, 2020 Reply

      Oi Murilo, eu também faço por conta própria mas acho que lá é bem complicado fazer isso. bjs

  3. postado por
    Deyse Marinho
    ago 4, 2020 Reply

    Sem ter ido pra lá, já sou apaixonada pelo Jalapão! Este destino, inclusive, já está na nossa lista de desejos há tempos. Adorei ler seu texto “VIAGEM PARA O JALAPÃO: DICAS PARA APROVEITAR AO MÁXIMO. SUPER GUIA!” De fato é um super guia que poderei aproveitar bem quando montar meu roteiro por lá! Obrigada pelas dicas!

    • postado por
      Lulu Freitas Gorges
      ago 5, 2020 Reply

      Oi Deyse! Valeu pelos elogios! bjs

  4. postado por
    Analuiza Carvalho
    jul 20, 2020 Reply

    Esse nosso belíssimo Brasil!!! Tão diferente! As imagens são lindas, mas a minha vontade despertou já no início desse texto, Lulu, quando você diz que o Jalapão é Brasil selvagem de beleza indescritível. O Jalapão é bruto! 🙂

    • postado por
      Lulu Freitas
      jul 21, 2020 Reply

      Oi Analuiza. O Jalapão é isso mesmo! Bruto e selvagem. bjs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *