Inscreva-se em nossa News

Assine colocando seu email logo abaixo.

Dicas sobre Bogotá, charme no meio do caos

Ao escrever dicas sobre Bogotá a primeira coisa que tenho que dizer é que “caos” é a palavra que definiu Bogotá para mim. Não me leve a mal, porém a confusão do trânsito, a mistura da arquitetura de antigo e novo, o movimento nas ruas comerciais, tudo isso me passou essa sensação. Mas é um caos que tem seu charme e faz a capital da Colômbia uma cidade muito interessante de se conhecer. Se quiser um roteiro curto e redondinho de o que fazer em Bogotá é só ler nosso post aqui.

O povo é extremamente gentil, sempre sorrindo e respondendo a tudo como a expressão “com muito gosto”. Adorável!

Bogotá me lembrou São Paulo em alguns momentos pelo seu trânsito pesadíssimo, bairros modernos, bairros antigos com toques modernos e grafite nas ruas.

bogota colombia torre de igreja branca
Bogotá tem uma mistura de passado e presente muito forte.

Dicas sobre Bogotá

Um pouco sobre Bogotá

Bogotá é uma cidade enorme, com mais de 7 milhões de habitantes, cravada no meio da Colômbia. Fica a 2.600m de altitude. Confesso que não senti nada quanto à altitude, mas há pessoas que sentem cansaço, dor de cabeça ou náusea.

A capital da Colômbia foi fundada em 1538 como Santa Fé de Bogotá, só tendo seu nome atual a partir de 1821. Bem, essa é  versão oficial, pois os documentos históricos foram queimados em um incêndio na Prefeitura de Bogotá.

O narcotráfico, Pablo Escobar e, principalmente, a FARC são uma parte muito presente da história da Colômbia. Em um passado recente sequer era possível viajar pelo país, sob o risco de sequestros. Porém o quadro de perigo e violência dos anos 80/90, com tiroteios e bombas, ficou para trás. Para se ter uma ideia, a taxa de homicídio é menor que a da Argentina.

É uma cidade relativamente segura (como qualquer cidade grande), a presença policial é ostensiva. Mas não vai ficar de bobeira! Vamos ter atenção com bolsas, carteira, celular e máquina fotográfica como em qualquer lugar do mundo, por favor!

No entanto, há certas coisas daquele passado violenta muito vivas. Um exemplo: ao entrar em um shopping center de carro é preciso parar para o veículo ser inspecionado por conta dos antigos atentados à bomba. Fiquei muito surpresa com isso! Foi bem estranho.

As ruas de Bogotá são identificadas por número e não por nome (salvo algumas ruas no centro histórico de La Candelaria). As ruas são chamadas de calle (rua) ou carrera (avenida), sendo a carrera paralela às montanhas começando a numeração nelas e a calle tranversal à carrera. Depois de um tempinho fica fácil se localizar.

Como chegar em Bogotá

Fui para Bogotá voltando de Curaçao. O meu voo era pela Avianca e dava direito a stopover em Bogotá. Assim, fiquei lá dois dias antes de voltar para casa.

Há voos diretos da Avianca para Bogotá saindo do Rio de Janeiro, São Paulo e Fortaleza.

Você chegará no aeroporto El Dorado, grande e bem estruturado. Excelente freeshop.

Visto

Não precisa para a Colômbia. Uhuu Mercosul!

palmeira bogota colombia
Esse tipo de palmeira é muito comum na cidade.

Clima em Bogotá

De modo geral o clima em Bogotá é muito regular durante todo o ano: friozinho de manhã e de noite e temperatura amena (cerca 20 graus) durante o dia. Isso porque a cidade está perto da linha do Equador, que dá essa estabilidade.

Foi exatamente isso que encontrei em maio.

Moeda

Na Colômbia temos o peso colombiano. As notas são de 50, 20, 10, 5, 2 e 1 mil pesos. Sim, mil! Bateu uma sensação anos 80 no Brasil rsrs

Para não se confundir, o melhor é ignorar os três últimos zeros dos valores. Ainda assim é difícil se acostumar a ver preços enormes nas lojas e restaurantes.

Quando cheguei, fiz câmbio de um pequeno valor no aeroporto, já que é comum em todo lugar o câmbio não ser bom em aeroporto. Há casa de câmbio na sala de desembarque e em outros pontos do aeroporto.

janela arquitetura colonial de bogota colombia
A arquitetura colonial é um charme.

Como se locomover em Bogotá

Um das dicas sobre Bogotá que acho mais importante é como se locomover pela cidade.

Bogotá conta com o Transmilenio, linhas de ônibus articulados que trafegam em faixas privativas (tipo o BRT no Rio de Janeiro). Te levam para todo canto, mas nos horários de rush são superlotados. Para usar é preciso comprar um cartão que é vendido nas próprias estações (pagamento em dinheiro, sempre), já que no ônibus não é possível fazer pagamento de passagem para o motorista (não há cobrador).

Outra opção são os táxis, de preferência peça no hotel, no restaurante ou onde estiver. Evite pegar táxi na rua. Ah! Lá funciona o Easy Taxi.

Aliás, há dois tipos de táxi em Bogotá: branco ou amarelo. O táxi amarelo é o convencional e o branco é especial, mais confortável. Se ligue: o valor do taxímetro no táxi amarelo não é o valor a pagar, precisa conferir o valor em uma tabela indica o valor real a pagar. No táxi branco, que é mais caro (e confortável), não há taxímetro. Independente de quaisquer dos dois táxis que usar o preço é bem mais barato que aqui.

Lembra do caos que falei lá em cima? O trânsito é um deles (talvez o maior). Nunca peguei tanto engarrafamento e vi motoristas tão loucos em um único lugar. Buzinadas, fechadas, cortadas, etc. Foi meio desesperador. Então alugar carro não é uma boa opção.

Como tinha pouquíssimo tempo na cidade e o táxi é barato, acabei não usando o Transmilenio.

Compras em Bogotá

Bogotá tem algumas coisas características para se comprar.

Há produtos de couro em conta, vi muito nas lojas de artesanato. Bolsas, cintos, etc. Tudo com um colorido andino.

bolsa de couro de bogotá na colombia
Comprinha é sempre bom! rsrs

Esmeralda… a linda pedrinha verde é a principal do país. Claro que não é barato, mas de repente um pingente pequenino rsrs Cuidado: compre em uma loja, com certificado de garantia. Não leve gato por lebre.

O café colombiano é considerado um dos melhores do mundo, por isso é uma boa opção de compra para trazer para casa. Há marcas de todos os tipos e gostos, a mais famosa é Juan Valdez (a Starbucks colombiana).

Se quiser comprar artesanatos e lembrancinhas, um bom lugar são as galerias próximas ao Museu do Ouro. Produtos bonitos a bom preço.

Onde ficar em Bogotá

Uma lista de dicas sobre Bogotá não ficaria completa se não falarmos sobre hospedagem.

O bairro La Candelaria (centro histórico da cidade) possui uma boa oferta, mas é um pouco perigoso de noite.

rua de la candelaria em bogota na colombia
Uma das ruas de La Candelaria.

A melhor opção é na zona norte de Bogotá, nos arredores da Carrera 7, nos bairros Chicó (entre Calle 85-100 e Carreras 7-15, onde está o Parque la 93), Usaquén (entre Calles 100-127 e Carreras 7-15, onde está a zona gastronômica de mesmo nome), El Retiro (entre Calles 82-88 e Carreras 7-15, onde está a Zona T), Emaus (entre Calles 68-74 e Carreras 4-7, onde está a Zona G).

Onde comer em Bogotá

A gastronomia é um ponto alto da cidade, por isso mereceu um post específico sobre isso… o assunto rende!

——————–

O que achou das dicas? Alguma coisa a acrescentar? Deixe seus comentários. 🙂




Compartilhe
        
     
Post Autor
Lulu Freitas
Carioca que ama viajar. Meu lema: "Vivo para viajar. Viajo para viver". Compartilho aqui minhas experiências de viagens pelo mundo, com dicas sobre tudo o que conheci e adorei.

comentários

18 comentários
  1. postado por
    Bruno Miguel
    fev 27, 2017 Reply

    AHHHHH, posso ir da Ásia direto pra Bogotá?! hahaha 🙂 Que demais, belo post…

    • postado por
      Lulu Freitas
      mar 1, 2017 Reply

      Olá Bruno! Obrigada pela visita!

  2. postado por
    Isabela Bastos
    fev 18, 2017 Reply

    Bem explicadinho! Colômbia está na minha lista, não necessariamente Bogotá, mas gosto deste conflito de culturas, desse “caos”. Gosto do que foge da minha realidade. Vou salvar aqui para uma futura visita

  3. postado por
    Juliana Rios (Juny)
    fev 18, 2017 Reply

    Adorei o post ficou muito completo e informativo.
    Deu para conhecer um pouco sobre Bogotá, achei bem interessante!

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 18, 2017 Reply

      Obrigada Juliana!!!

  4. postado por
    Viajante Comum
    fev 17, 2017 Reply

    Ansiosa pra conhecer a Colômbia e essa cidade cheia de gente e coisa pra fazer! E ansiosa pelo post sobre gastronomia!

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 18, 2017 Reply

      Olá! Em breve um post de dar água na boca rsrs

  5. postado por
    Altier Moulin
    fev 16, 2017 Reply

    Conheci Bogotá em 2014 e sempre tenho vontade voltar.
    De tudo o que vi por lá, a simpatia e a educação das pessoa foi o que mais me marcou. Fiz amigos e tenho saudades.

    Parabéns pelo post.

    Um abraço.

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 18, 2017 Reply

      Obrigada pela visita. É verdade! Todos são muito gentis, simpáticos e educados. Esqueci de mencionar isso no post… vou complementar rsrs

  6. postado por
    Paula
    fev 16, 2017 Reply

    Bogotá vem ganhando meu interesse nos últimos anos, suas dicas são excelentes, vou tentar combinar a cidade com as praias e Cartagena.

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 18, 2017 Reply

      Que bom que gostou Paula! Essa combinação é perfeita, foi uma pena que não tive oportunidade. Cartagena está na minha lista. abs

  7. postado por
    Fábio Mendes
    fev 16, 2017 Reply

    Quero ir a Bogotá há um bom tempo, desde que vi os relatos sobre o Museu do Ouro. Legal pegar essas dicas. Assim que puder, estarei lá. Abraços!!!

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 18, 2017 Reply

      Obrigada pela visita! É uma cidade interessante. abs

  8. postado por
    Nana
    fev 16, 2017 Reply

    Adorei!! to louca pra conhecer Bogotá!! agora ja tenho todas as dicas

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 18, 2017 Reply

      Olá Nana! Que bom que as dicas irão ajudar. Tenho certeza que irá se divertir. bjs

  9. postado por
    Paula
    fev 16, 2017 Reply

    Adorei esse post! Muito gostoso de ler. 🙂
    É triste que Bogotá ainda carregue resquícios de um passado difícil, mas a cidade é muito mais do que isso, né? Você mostrou muito bem, e as fotos estão lindas. Salvei as dicas aqui para quando eu tiver a chance de ir para Bogotá. 🙂

    • postado por
      Lulu Freitas
      fev 18, 2017 Reply

      Olá Paula. Obrigada pelos elogios!É um passado muito recente, ainda está muito vivo. Mas isso não tira a simpatia do povo, o que é muito bacana. abs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais fotos de minhas viagens

Siga o blog no Instagram, por lá rolam muitas outras fotografias dos lugares mais lindos que já visitei. São fotos de viagens, lugares, roteiros de viagens e dicas com passeios surpreendentes.

Junte-se ao Instagram