Receba matérias por email!

Mini-guia Rio de Janeiro: organize sua viagem!

Home  »  BrasilDestaqueDestinosRio de Janeiro   »   Mini-guia Rio de Janeiro: organize sua viagem!

Finalmente resolvi escrever um mini-guia Rio de Janeiro. Como boa carioca que sou (“da gema” como falamos por aqui), há muito estou devendo colocar no papel as dicas de viagem Rio de Janeiro.

Partiu?

Antes aperte o play e leia esse post com fundo musical:

Mini-guia Rio de Janeiro

Dicas de Viagem Rio de Janeiro – informações básicas

1. Quando ir ao Rio

Começamos o nosso mini-guia Rio de Janeiro indicando quando ir. Eu responderia… sempre! rsrs

O Rio 40 graus é famoso por seu verão cheio de modismos, muito sol, calor e praias lotadas. Nessa época prepare-se para sentir muuuuito calor. Como já estamos acostumados, todos os lugares aqui têm ar condicionado. Salve Santo Carrier! Santo Springer!

O Carnaval e o Ano Novo (quem nunca assistiu os fogos de Copacabana pela televisão?) são as épocas mais concorridas da cidade. Prepare-se para uma cidade hiperlotada e difícil de transitar (especialmente no Carnaval, com as ruas tomadas por dezenas de blocos por todos os lados e cheiro de xixi).

Para mim aquela não é a melhor época para se apreciar o Rio e tudo o que tem de bom. Se não estiver com pique para azaração ou cidade cheia, sugiro os meses de março a maio ou outubro a início de dezembro, quando temos clima mais ameno e lindos dias de sol. Maio tem o tom de azul do céu mais bonito do ano!

ceu azul rio de janeiro dicas de viagem corcovado
O glorioso céu azul.

Os meses de junho a setembro são os meses mais frios (embora não se tenha frio de verdade, né?) e às vezes com frente fria e cidade cinzenta. Como diz a música: “cariocas não gostam de dias nublados”. Porém, ainda assim, há lindos finais de semana com sol.

2. Como chegar no Rio de Janeiro

São dois aeroportos: Santos Dumont e Antonio Carlos Jobim (mas todo mundo continua chamando pelo antigo nome, Galeão).

Se você for se hospedar na zona sul da cidade e se houver voo, dê preferência por chegar no Santos Dumont, por ser mais perto. Além de finalizar um voo já admirando uma bela vista da Baía de Guanabara, Aterro do Flamengo e Pão de Açúcar.

De ônibus, a chegada é na Rodoviária Novo Rio, na região portuária da cidade, que é bastante organizada.

Ah! Se estiver indo de navio em alguma parada de cruzeiro, a descida é no porto da cidade, na região do Boulevard Olímpico.

Também é fácil chegar de carro no Rio de Janeiro, as estradas são relativamente boas (na grande maioria privatizadas).

3. Saindo do Aeroporto e da Rodoviária

Sair de aeroporto em muitas cidades é meio complicado. Aqui no Rio de Janeiro não é diferente.

No aeroporto Santos Dumont a opção é táxi, uber (o ponto de embarque é no Shopping Bossa Nova Mall, integrado ao aeroporto) e VLT (bonde elétrico integrado ao metrô e linhas de ônibus).

guia rio de janeiro vista de dia do restaurante xian rio de janeiro bossa nova mall
A vista de dia do Shopping Bossa Nova Mall.

No Galeão, por sua vez, táxi, ônibus executivo (chamamos de “frescão”) e BRS (ônibus comum que trafega em uma pista especial, se quiser economizar).

Se possível, dê preferência por táxi ou uber.

Para o táxi, três dicas de cariocas: (1) dê preferência a pegar na área de desembarque com um taxista que esteja deixando passageiros (menos risco de taxista dando golpe em turista, tipo fazer caminho mais longo); (2) se não quiser andar pelo aeroporto, pegue táxi somente no ponto oficial ou chamando por aplicativo; e (3) de forma alguma pegue taxista se oferecendo, porque há muito táxi pirata por ali.

Já saindo da rodoviária, as opções são o VLT (integrado com ônibus e metrô), táxi ou uber. Aqui, o mesmo alerta do aeroporto. Não aceite taxista se oferecendo e só pegue no ponto oficial. Além disso, peça para o taxista ligar o táximetro assim que você entrar no carro e não aceite a cobrança de corrida em valor fechado.

O blog Viaje na Viagem tem um post super completo mostrando o passo a passo de cada opção de transporte na chegada do Rio de Janeiro.

4. Transporte – Como se locomover pelo Rio

nascer do sol no aterro do flamengo guia rio de janeiro
Um lindo nascer de sol no Aterro do Flamengo, onde há uma ciclovia dividida por bikes e pedestres.

O metrô é a melhor opção de transporte no Rio de Janeiro. Limpo, rápido e seguro. Com a expansão feita para a Rio 2016, hoje leva à maioria das atrações da cidade. Além disso, o metrô possui um ônibus-integração levando a alguns outros bairros que não fazem parte da suas duas linhas.

Eu uso diariamente o metrô, super recomendo.

O ônibus comum é uma opção menos agradável. Não é toda a frota que possui ar condicionado e, convenhamos, o calor do Rio é brabo! Além disso, o trânsito da cidade a cada dia que passa está pior, engarrafamentos são uma rotina. Não dá mais para implicar com os paulistas nesse quesito.

Consulte aqui as linhas de ônibus para traçar o itinerário.

O VLT é uma opção de transporte bem simpática se você for visitar o Centro da cidade. Super novinho. A passagem precisa ser comprada antes de entrar no trem, nas máquinas localizadas nas estações, porque não há cobrador/vendedor dentro do trem. Andar sem pagar a passagem dá multa.

guia rio de janeiro street art américa do sul vlt no boulervard olimpico rio de janeiro
O VLT é muito confortável.

Táxi e uber: você encontra à vontade.

Se usar táxi, dê preferência a usar aplicativos como 99 ou Easy Taxi, que costumam ter descontos nas corridas, além de serem mais seguros.

Outra opção bacana é alugar uma bicicleta (apelidada de laranjinha) do Bike Rio. Porém, recomendo que só use nas ciclovias. O trânsito é complicado em muitas partes da cidade, não sendo muito seguro andar de bike.

O aluguel de carro no Rio de Janeiro não é muito recomendado. O trânsito é pesado, em muitos bairros não há estacionamento fácil ou então é caro. Carro só mesmo para fazer algum bate-volta para cidades perto do Rio. Se optar por isso, use nossa parceria com a RentCars.

5. Dinheiro

Praticamente todo lugar aceita cartão de débito ou crédito (até barraqueiro na praia). Então evite andar com muito dinheiro em espécie. Só mesmo o necessário para um gasto pequeno ou emergência.

6. Segurança

Esse é um item delicado. O Rio de Janeiro é uma cidade violenta. Isso é fato. Tão perigosa quanto outras capitais do Brasil, como São Paulo, Fortaleza ou Belém. Há quem discorde.. essa é apenas a minha humilde opinião.

Como turista, você precisa tomar cuidados básicos e que adotaria em qualquer lugar: não andar com joias ou objetos caros e chamativos; não andar com máquina fotográfica pendurada no pescoço; não andar com celular ou carteira no bolso de trás da roupa; não andar com bolsa aberta; não andar falando no celular pela rua; não entrar sozinho em ruas mal iluminadas; e não andar na rua sozinho de madrugada.

Esses pequenos cuidados são suficientes para se proteger e ter uma viagem tranquila.

7. Saúde

guia rio de janeiro ferias com crianças no rio de janeiro floresta da tijuca
Cascata no parque da Floresta da Tijuca. Use repelente!

Dengue, zika, febre amarela… são tantas epidemias que estão assolando o Brasil e não só o Rio. Uma tristeza.

Então, se vier no verão, use repelente se for para lugares abertos ou de mata.

8. Onde ficar no Rio de Janeiro

Seguindo com nosso mini-guia Rio de Janeiro, aquela perguntinha básica: onde ficar?

A rede hoteleira da cidade é enorme e possui todo o tipo de opções, de hostels a hotéis 5 estrelas. Uma boa dica é procurar hotéis perto do metrô. Facilita muito!

praia de copacabana dica rio de janeiro
Copacabana é um dos bairros com maior rede hoteleira e muito preferido pelos turistas.

Os melhores lugares para se hospedar:

  • perto da praia: nos bairros da Zona Sul, Leme, Copacabana, Arpoador, Ipanema e Leblon. Além da praia, possuem boa rede de transporte, estão relativamente perto de muitas das atrações do Rio, contam com forte comércio (shopping e lojas de rua) e alguns dos melhores bares e restaurantes da cidade. Os hotéis mais caros estão aqui, como o Copacabana Palace.
  • bom custo x benefício: Botafogo, também na Zona Sul, não possui uma praia própria para banho, porém une sua localização central perto das atrações e do aeroporto Santos Dumont com um bom comércio e uma vida noturna de ótimos bares e restaurantes. Uma boa escolha de hospedagem com preços mais em conta.
  • opção mais barata: nos bairros do Catete e Flamengo, perto do metrô e mais residenciais. Na região do Centro e Zona Portuária, porém não recomendo porque inseguros de noite. Na Lapa, bairro boêmio do Rio, há problemas de segurança e os meios de transporte são limitados.
  • hotéis novos com praia mas distantes das atrações: na Barra da Tijuca, impulsionada pelas Olimpíadas. Os preços são mais baratos que na Zona Sul, a praia é uma das melhores da cidade e os shoppings idem. Porém a Barra da Tijuca é afastada das atrações turísticas. De metrô se leva bastante tempo (fácil 40 minutos). De ônibus ou carro, por conta dos engarrafamentos, mais ainda. Além disso, dentro do próprio bairro é comum precisar de carro para se deslocar.
  • hotéis de charme: Santa Teresa, um bairro em cima de um morro da cidade, em um cantinho todo próprio. Suas casas  abrigam vários hotéis românticos e charmosos, dos mais simples aos luxuosos. Aqui, porém, o acesso não é fácil. Só de táxi ou uber.

Veja também:  lista de hotéis românticos no Rio de Janeiro

O site Melhores Destinos tem uma ótima relação de hotéis e dicas de onde se hospedar no Rio.

Se quiser escolher hotel, confira as ofertas da nossa parceira com o Booking:



Booking.com

9. Onde comer no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro possui muitas opções de gastronomia. Em qualquer bairro você irá encontrar restaurantes dos mais variados tipos, de pizzaria a casa de suco.

É só escolher.

Na praia não deixe de beber mate com limão comendo biscoito Globo!

Outro programa tipicamente carioca é beber um chopp sentado na mureta da Urca. Um lindo visual.

mureta da urca vista aterro guia rio de janeiro
O visual da mureta da Urca.

No nosso post índice de dicas do Rio de Janeiro temos várias opções de bares e restaurantes.

10. Compras no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro não tem produtos típicos nem mercado central como outras capitais do país. É uma pena…

Assim, o que você irá encontrar por aqui será as melhores grifes brasileiras. São muitos shoppings. Os mais tradicionais são o shopping Rio Sul (em Botafogo) e o BarraShopping (na Barra da Tijuca). Os mais chiques são o Shopping Leblon (no Leblon), Fashion Mall (em São Conrado) e VillageMall (na Barra da Tijuca).

O comércio mais popular é no Saara, conjunto de ruas no Centro da cidade onde você irá encontrar de tudo um pouco nos casarios históricos. O blog Despachadas possui um ótima guia de compras no Saara.

Nos finais de semana ocorrem várias feiras de roupas, artesanato e gastronomia pela cidade. Uma das mais famosas (e minha favorita) é a Feira do Lavradio, que acontece no primeiro sábado do mês na Lapa.

o que fazer no rio barracas feira rua lavradio
Vai um algodão-doce aí?

11. Praias no Rio de Janeiro

Não poderia fazer um mini-guia Rio de Janeiro sem mencionar, ainda que rapidamente, as praias. Afinal, antes de tudo somos uma cidade litorânea!

As melhores praias na Zona Sul são Leme, Copacabana, Arpoador, Ipanema e Leblon, cada uma com um público característico, mas todas lindas. Lembrando que aqui o mar não é quente (às vezes geladíssimo no verão… de doer o osso!).

Na Zona Oeste, as praias da Barra da Tijuca, Recreio, Prainha e Grumari são o que há! As mais limpas do Rio! A-mo!!!!

guia rio de janeiro ilhas tijuca em frente da praia da barra da tijuca no rio de janeiro
Praia da Barra da Tijuca na altura da Barraca do Pepê.

A Viagem & Turismo tem uma lista redondinha das praias imperdíveis no Rio de Janeiro.

12. Atrações no Rio de Janeiro

Nossa! A lista é enorme! Confira nosso post índice do Rio de Janeiro uma relação de todas as atrações que recomendamos.

guia rio de janeiro por do sol atras do corcovado praia de botafogo
Como não amar esse visual? A Praia de Botafogo e o por do sol atrás do Corcovado.

Veja também: 4 cartões postais do Rio de Janeiro

…………….

Se gostou do nosso post, salve o nosso pin no seu Pinterest para consultar no futuro e lembrar da gente 🙂

pin mini guia rio de janeiro palmeira ceu azul corcovado

 

Deixe seus comentários sobre o nosso mini-guia Rio de Janeiro. Faltou alguma informação ou dicas de viagem Rio de Janeiro?

Receba matérias por email!

Post Autor
Lulu Freitas
Carioca que ama viajar. Meu lema: "Vivo para viajar. Viajo para viver". Compartilho aqui minhas experiências de viagens pelo mundo, com dicas sobre tudo o que conheci e adorei.

comentários

25 comentários
  1. postado por
    Angela C S Anna
    ago 31, 2018 Reply

    acredita que é a terceira vez q leio este post! salvei la no pinterest e tinha me esquecido q ja havia lido, acho muito bom pois reúne as principais atrações e dá varias dicas. to tentando visitar o rio este ano

    • postado por
      Lulu Freitas
      ago 31, 2018 Reply

      Oi! Caramba! bjs

  2. postado por
    Alyssa Prado
    ago 29, 2018 Reply

    Super completo esse guia! Quem for conhecer o Rio de Janeiro com certeza vai planejar a viagem com facilidade usando essas dicas 🙂

    • postado por
      Lulu Freitas
      ago 30, 2018 Reply

      Oi Alyssa! Obrigada! bjs

  3. postado por
    Roteiros no Rio de Janeiro: um dia pelo Centro Histórico da cidade
    ago 29, 2018 Reply

    […] Leitura recomendada para quem vai ao Rio: mini guia Rio de Janeiro por Let´s Fly Away […]

  4. postado por
    MARIANA DA COSTA ANTUNES
    ago 27, 2018 Reply

    O Rio é um lugar maravilhoso mesmo, tirando a insegurança que temos. Eu moro em Niterói e sempre venho passear do outro lado da ponte. Suas dicas foram mt boas para os viajantes de fora!

    • postado por
      Lulu Freitas
      ago 27, 2018 Reply

      Oi Mariana, obrigada! Também vou muito passear do outro lado da ponte. rsrs bjs

  5. postado por
    Michela Borges Nunes
    ago 26, 2018 Reply

    Olha, que guia maravilhoso, super completo, com as dicas básicas que necessitamos para ir ao Rio. Adorei saber que dá para ir aos pontos de interesse de metrô, porque essa é nossa forma preferida de usar o transporte público. Parabéns!

    • postado por
      Lulu Freitas
      ago 26, 2018 Reply

      Oi Michela, obrigada!!! bjs

  6. postado por
    Luiza Cristina Cardoso
    ago 26, 2018 Reply

    Dicas imperdíveis! Roteiro muito bem elaborado e inteligente! Conheço o Rio mas nunca explorei bem e com tempo. Muito legal!

    • postado por
      Lulu Freitas
      ago 26, 2018 Reply

      Obrigada pelos elogios Luiza! bjs

  7. postado por
    Roberta Lan
    ago 26, 2018 Reply

    Sobre o lance de segurança, é sempre complicado mesmo. Lembro que quando fui estava morrendo de medo. Até ouvir dos cariocas que eles tinham vontade de conhecer São Paulo, mas achavam muito perigoso. E eu espantada, porque pra nós, paulistas, o Rio sim é que é perigoso!
    No final eu achei que era tudo uma questão de ouvir tanta notícia sobre violência que acaba gerando esse medo. E achei tudo muito mais tranquilo do que a gente ouve falar por aí.

    • postado por
      Lulu Freitas
      ago 26, 2018 Reply

      Oi Roberta, fico feliz com o seu depoimento. A violência é uma questão complicada, infelizmente muita gente fica com medo de vie e depois quando chega descobre que não é tão terrível assim… bjs

  8. postado por
    Patti Neves
    ago 25, 2018 Reply

    Ótimas dicas! Guia mará! Tinha esquecido da Calcanhoto com o “cariocas não gostam de dias nublaaadoosss ” 🙂

    • postado por
      Lulu Freitas
      ago 25, 2018 Reply

      Obrigada Patti! bjs

  9. postado por
    Fabiana
    ago 24, 2018 Reply

    Adoro esses guias! Ajudam muito a organizar a cidade. Está de parabéns pleo post!

    • postado por
      Lulu Freitas
      ago 24, 2018 Reply

      Obrigada! bjs

  10. postado por
    Camila Lisbôa
    ago 24, 2018 Reply

    Tá tão completo que encaixa perfeito com o nome! GUIA 🙂 (mas não tá tão mini assim hahaha). Confesso que faz tempo que não volto ao Rio e que sempre que planejo dá alguma coisa errada =/ Espero que volte em breve 😉

    • postado por
      Lulu Freitas
      ago 24, 2018 Reply

      Oi Camila! Espero que da próxima vez você planeje e dê certo! Obrigada pelos elogios bjs

  11. postado por
    Gabriela Torrezani
    ago 24, 2018 Reply

    Adorei o mini-guia! Sei como é difícil escrever sobre a nossa própria cidade, eu tenho mta dificuldade em ver são paulo com olhos de turista, por exemplo… mas você arrasou! as dicas estão super práticas, ajudará muito os viajantes que querem explorar o Rio!

    • postado por
      Lulu Freitas
      ago 24, 2018 Reply

      Obrigada Gabriela! Demorei meses para escrever e ter coragem de publicar. bjs

  12. postado por
    Vitor Martins
    ago 24, 2018 Reply

    O Rio é uma cidade realmente maravilhosa, por lá já estive uns 10 dias e amei…Mesmo assim houve lugares que mencionou aqui que ainda nao fui, como a feira do Lavradio que deve ser fantástica.

    • postado por
      Lulu Freitas
      ago 24, 2018 Reply

      O Rio é lindo demais. bjs

  13. postado por
    Ruthia Portelinha
    ago 24, 2018 Reply

    Estive no Rio há ziliões de anos e sinto que muita coisa mudou (não havia esse VLT ultra-moderno). Já não conheço a cidade. Ótimo argumento para voltar, claro. Não sei quando isso acontecerá mas virei relembrar as suas dicas

    • postado por
      Lulu Freitas
      ago 24, 2018 Reply

      Quando vier será recebida de braços abertos amiga! bjs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais fotos de minhas viagens

Siga o blog no Instagram, por lá rolam muitas outras fotografias dos lugares mais lindos que já visitei. São fotos de viagens, lugares, roteiros de viagens e dicas com passeios surpreendentes.

Junte-se ao Instagram